Ciranda da Bailarina

dezembro 22, 2011

Filed under: Sem-categoria — Tatiana Rezende @ 8:36 PM

Ei vc, leitor assíduo (aham, Claudia senta lá) a coisa toda mudou de lugar.
A administração do condomínio agora é do Blogger tá? Muda aí que agora eu escrevo aqui

dezembro 20, 2011

Move on

Filed under: Sem-categoria — Tatiana Rezende @ 8:34 PM

falta só um pouquinho pra eu me mudar pro blogspot. É só uma questão de espantar a preguiça, tá?

dezembro 4, 2011

“Welcome to the Hotel California, such a lovely place…”

Filed under: Sem-categoria — Tatiana Rezende @ 3:31 PM

Quando eu era mais nova, pensava muito remotamente em um dia viajar para fora do Brasil. Era algo assim bem distante, como se fosse quase impossível. Não havia a menor condição ou motivo que me fizesse pensar firmemente nisso.
Hoje estou a 5 meses de encarar um novo país, uma cultura diferente, pessoas rosadas e uma porção de insegurança. Falar uma língua que não é a minha língua mãe é uma das inseguranças principais. Eu sei que eles entendem o que a gente diz, mesmo quando o tempo verbal sai errado ou quando trocamos she por her. Mas será que meu conhecimento em inglês será suficiente para dizer onde dói caso eu passe mal? Ou descobrir como se chega em algum lugar usando transporte público?
Só indo para lá eu terei condições de saber isso.
E o que eu vou comer? Como será meu novo quarto? Minha cama, o lugar onde farei minhas refeições ou o banheiro da casa.
Tenho 34 anos e estou a caminho de fazer algo que muitos adolescentes fizeram antes de ingressar de vez na vida adulta: um intercâmbio. Um college e milhares de jovenzinhos com outros objetivos, que talvez estejam ali apenas to improve o idioma. Not me. Eu vou com um propósito: crescer. Como profisssional e principalmente como pessoa. 30 dias longe de casa, da tranquilidade da roupa lavada, da comidinha pronta na hora certa, da ajuda $ da mãe.
Lá serei eu por mim mesma.
Então, boa sorte pra mim. E vamos derrubar Los Angeles!

Título do post baseado em Hotel California – Eagles 

outubro 27, 2011

Just The Way You Are

Filed under: Sem-categoria — Tatiana Rezende @ 9:21 PM

“Oh, her eyes, her eyes
Make the stars look like they’re not shining

Her hair, her hair,
Falls perfectly without her trying
She’s so beautiful,
And i tell her everyday


Yea, i know, i know,
When i compliment her she won’t believe me
And it’s so, it’s so
Sad to think that she don’t see what i see
But every time she asks me, do i look okay,
I say


When i see your face,
There is not a thing that i would change
Cause you’re amazing,
Just the way you are


And when you smile,
The whole world stops and stares for awhile
Cause girl you’re amazing,
Just the way you are, hey


Her lips, her lips
I could kiss them all day if she’d let me
Her laugh, her laugh
She hates but i think it’s so sexy
She’s so beautiful, a
Nd i tell her everyday


Oh, you know, you know,
You know i’d never ask you to change
If perfect’s what you’re searching for
Then just stay the same
So don’t even bother asking if you look okay,
You know i’ll say


When i see your face,
There is not a thing that i would change
Cause you’re amazing,
Just the way you are


And when you smile,
The whole world stops and stares for awhile
Cause girl you’re amazing,
Just the way you are


The way you are?
The way you are?
Girl you’re amazing,
Just the way you are


When i see your face
There’s not a thing i would change
Cause you’re amazing
Just the way you are


And when you smile,
The whole world stops and stares for awhile
cause girl you’re amazing,
Just the way you are, yeah”

🙂


outubro 16, 2011

Filed under: Sem-categoria — Tatiana Rezende @ 9:23 PM

Altamente recomendo…

outubro 14, 2011

Filed under: Sem-categoria — Tatiana Rezende @ 10:21 PM

esse verso tem destino certo… a mulher da minha vida!

‎”Você me faz bem
Quando chega perto
Com esse seu sorriso aberto
Muda o meu olhar
Meu jeito de falar
Junto de você fica tudo bem
Fica tudo certo” – por Luiza Possi.

Em breve, neste cinema… rs

Filed under: Sem-categoria — Tatiana Rezende @ 9:55 PM

Moderno né?

outubro 12, 2011

Filed under: Sem-categoria — Tatiana Rezende @ 11:12 PM

“Eu vejo a vida melhor no futuro
Eu vejo isso por cima de um muro de hipocrisia
Que insiste em nos rodear
Eu vejo a vida mais clara e farta
Repleta de toda satisfação
Que se tem direito
Do firmamento ao chão
Eu quero crer no amor numa boa
Que isto valha pra qualquer pessoa
Que realizar
A força que tem uma paixão
Eu vejo um novo começo de era
De gente fina, elegante e sincera
Com habilidade
Pra dizer mais sim do que não, não não
Hoje o tempo voa, amor
Escorre pelas mãos
Mesmo sem se sentir
Que não há tempo que volte, amor
Vamos viver tudo o que há pra viver
Vamos nos permitir

Lulu Santos – Tempos Modernos

outubro 4, 2011

Filed under: Sem-categoria — Tatiana Rezende @ 8:42 PM

E  aí quando vc resolve desapegar das mentiras e dizer a verdade descobre que sua felicidade não era tão legal assim. Que na verdade a pessoa que jurava que te compreendia eram também a que dia pré-conceitos a seu respeito.
Aí vc se enche de coragem e truca o jogo. Sabe porque? Porque cansa. Porque é insuportável viver omitindo, é mais insuportável ainda viver pisando em ovos…
Quando alguém bota seus valores a prova ou se julga mais importante do que todos os amigos que você conquistou na vida toda, é aí que o caldo entorna.
Mas aí passou um dia, dois dias… e todo mundo pensa. E repensa. E eu acho que podemos recomeçar isso. Da forma mais sincera que der, com menos apurrinhação possível.  E esse é o único jeito que eu sei viver. Porque se for pra pisar em ovos ou omitir de novo, eu prefiro trucar e fechar o baralho.

Tudo vai ficar bem. Eu espero. Eu acredito.
E no fim de semana eu quero recuperar meu tempo perdido.

outubro 2, 2011

Filed under: Sem-categoria — Tatiana Rezende @ 3:17 PM

Um fim de semana cheio de atividades. Gosto assim.

Próxima Página »

Blog no WordPress.com.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.